Dançar é uma atividade muito divertida, tanto para adultos quanto para crianças. Os pequenos, especificamente, além de se divertirem, também obtêm diversos benefícios. Um bom exemplo de estilo de dança é o balé, em que a criança trabalha todo o corpo, imerge em cultura e ultrapassa limites a cada aula.

Balé clássico X Idade da criança
O balé clássico é dividido em 2 categorias: a baby class e o balé infantil. A baby class é voltada a crianças de 3 a 6 anos. O objetivo principal é divertir e estimular a imaginação da criança, com movimentos que estimulam a criatividade e a expressão. É nessa fase que a criança aprende a ser mais independente, a controlar as suas habilidades motoras e intelectuais, além de reconhecer as suas próprias capacidades.

Já o ballet infantil é voltado às crianças maiores, a partir de 7 anos, já que exige mais disciplina, musicalidade e domínio do corpo. Por meio de uma seqüência de exercícios, as aulas seguem movimentos básicos, com exercícios que têm por objetivo desenvolver e fortalecer a musculatura das pernas, a postura do corpo e a coordenação motora da criança. Confira os principais benefícios do balé para a vida da criança:

1. Disciplina e concentração
A dança, de uma maneira geral, requer disciplina e atenção por quem pratica. Os pequenos dançarinos precisam estar sempre atentos aos movimentos, repetindo os passos, o que os ajuda a lembrar sequências complexas da dança.

2. Exercícios completos e variados
O balé clássico é um tipo de exercício que ativa todas as partes do corpo, por meio de movimentos diversos que trabalham diferentes áreas. São movimentos básicos, como saltar, estirar, dobrar, elevar, girar, deslizar, lançar-se ou pular, que tornam a dança uma atividade completa.

3. Coordenação motora
Crianças estão sempre em desenvolvimento, principalmente da coordenação motora. Ao longo do tempo elas vão ampliando sua capacidade e, com a ajuda do balé, esse processo se torna ainda mais eficaz. Os primeiros sinais visíveis de desenvolvimento na criança após começar a fazer balé é a melhora na condição motora. A criança ganha mais estabilidade e confiança.

4. Desenvolvimento social
O balé tem a capacidade de ensinar à criança a trabalhar em grupo, além de aproximá-la de amigos ou novos amigos. Ela interage com outros colegas que participam com ela dessa rotina e aprende seu papel e seu lugar dentro do grupo.

5. Confiança pessoal
Além do desenvolvimento social, a criança passa a se sentir cada vez mais segura, seguindo o progresso nas aulas de dança. Isso auxilia no desenvolvimento da independência, assim como na autoestima e na confiança em si mesma.

6. Cultura e aprendizagem
Muitas apresentações de balé clássico são baseadas em peças clássicas, como o Lago dos Cisnes. Dessa forma, a criança tem contato com obras de grandes músicos e artistas, sendo um estímulo para que ela desenvolva o gosto por diferentes culturas, além de otimizar sua consciência sensorial e intelectual.

No Colégio Universidade da Criança oferecemos diversas atividades extracurriculares, para alunos e não alunos, inclusive o balé. Acesse nosso site aqui e confira todas as informações.

WhatsApp chat